fani neto
Fani Neto

Fani Neto licenciou-se em Bioquímica, ramo de Bioquímica Aplicada, na FCUP e ICBAS em 1994 e nesse mesmo ano ingressou no 2º Programa Gulbenkian de Doutoramento em Biologia e Medicina, no Instituto Gulbenkian de Ciência. Fez parte do trabalho laboratorial para a tese de Doutoramento no Max Planck Institute of Psychiatry, em Munique, Alemanha, em mecanismos de dor crónica, tendo-se doutorado em Biologia Humana, na FMUP, em 2001. Desde 2001 é docente da FMUP, onde leciona no Mestrado Integrado em Medicina e também em Programas e Mestrados em Neurociências da FMUP e exteriores. Investiga na neurobiologia da dor, incidindo na plasticidade do sistema nociceptivo a vários níveis. Recentemente tem focado os seus estudos na dor articular, na plasticidade periférica, e no sistema descendente. É autora de 4 capítulos de livros, 4 artigos de revisão e 30 artigos originais. Tem um índice h de 17, e participou em 12 projetos financiados. Recebeu 4 vezes o Prémio Grünenthal Dor. Doutorou 3 estudantes e supervisionou 2 pós-doutoramentos e 16 mestrados, para além de vários alunos de pré-graduação. Participa regularmente como júri em defesas de estágio, teses de mestrado e doutoramento e no Prémio Grünenthal Dor. Obteve a agregação em Neurociências na FMUP em 2018.

 

voltar |